Lembro que na época da estreia em 2011, a trama de Breakout Kings me foi bastante elogiada, mas guardei o episódio piloto para uma futura maratona que tardou, mas veio. Quem já assistiu Leverage irá perceber certas semelhanças com o enredo criado por Matt Olmstead e Nick Santora – também responsáveis por Prison Break.

Breakout Kings

Gostei do episódio, mas não foi um dos melhores que já vi na vida. A história é sobre um grupo de presos convocados para uma força tarefa. Cada fugitivo que ajudem a recuperar é um mês a menos na pena de cada um, caso tentem fugir a sentença é dobrada. A ideia é boa, mas não consegui me conectar aos personagens e acredito que como grupo eles não funcionam, não existe química entre eles.

A trama teve só duas temporadas, e mesmo achando o primeiro capitulo meia boca, devo fazer uma maratona e assistir aos 23 episódios produzidos.

Finalmente estreou uma das séries mais aguardadas (por mim) dessa midseason: The Following. A trama escrita por Kevin Williamson consegue inovar sobre um plot já batido e presente na grande maioria das emissoras americanas. O enredo gira ao redor de um serial killer e uma caçada por seus seguidores.

The-Following-2

Acredito que a série é uma das melhores estreias dos últimos anos, tendo um piloto bem escrito e dirigido. Para os mais fracos existe um festival de sustos estrategicamente posicionados durante o capitulo, mas para os conhecedores da obra de Williamson, temos uma boa história, saídas inteligentes e até a quebra da quarta parede.

O enredo me conquistou já na apresentação de seus dois protagonistas: Joe Carroll, ex-professor de literatura, amante do autor Edgar Allan Poe, além de um assassino frio e altamente cativante e Ryan Hardy, ex-agente do FBI, responsável pela prisão do professor e atualmente afastado das atividades policiais.

Ao finalizar o episódio com quase um monólogo do psicopata onde o autor e criador da série, Kevin Williamson, quebra a quarta parede e explica ao público que o episódio piloto nada mais foi do que um prólogo para a história que será apresentada nas próximas semanas e onde os personagens ganharam forma e as tramas (algumas) são claramente reveladas. O final fica mais surpreendente ao percebermos que um serial killer foi pego, mas existem alguns por aí seguindo as ordens dele.

Ficou curioso? O trailer segue logo a baixo.

A Total Film de fevereiro lista os filmes mais aguardados de 2013. É uma leitura completa, indico para todos que gostam de cinema (e sabem inglês, é claro). Aproveitando a inspiração resolvi fazer a minha lista dos filmes mais aguardados de 2013.

Espero ansioso para assistir cada um deles!

Les Misérables

Eu sei que esse filme é de 2012, mas ele só estréia no Brasil dia 1 de fevereiro e eu, infelizmente, ainda não consegui assisti-lo. Estou ansioso por ele desde o primeiro vídeo que assisti meses atrás. Musical forte, cantado “ao vivo”, com atores excelentes e um diretor muito bom. Como não ficar ansioso?

Hitchcock

Outro filme de 2012 que só estréia no Brasil em fevereiro. Ele conta um pouco dos bastidores de filmagem do longa Psicose e só isso já é o suficiente para despertar interesse. O trailer só deixa claro que o filme tem tudo para ser divertido e intrigante. Não se poderia esperar menos do Mestre do Suspense também, não é?

Continue lendo »

%d blogueiros gostam disto: